Saiba mais
Idioma
Menu
Menu
Idioma

Padaria para os animais de estimação

Foto: Marlon Diego/Esp.DP

Que o mercado pet está em plena expansão no mundo inteiro e também no Brasil, os números estão aí para provar. O país é o terceiro mercado do mundo para produtos voltados para os animais de estimação, com 5,14% de participação, e o faturamento em 2017 fechou em R$ 20,37 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). O setor de Pet Food, de alimentos para animais de estimação, foi o que teve a maior fatia do mercado, com 68,6%. De olho nos números crescentes, Pernambuco também entra na onda e começa a diversificar os serviços voltados para o segmento. A novidade é a abertura de uma padaria focada para o mundo animal. Com investimento de R$ 100 mil, a Pet´s Padaria abre as portas no próximo dia 30, no RioMar Shopping, e a expectativa é já em 2019 ampliar os negócios com mais unidades próprias ou de franquias espalhadas pelo Nordeste.

A empresária Carlota Aymar decidiu reunir em um só lugar paixões que permeiam a sua vida. Desde pequena, viu seu pai ampliar os negócios da família com a tradicional Padaria Globo, que funciona desde 1961. Ela, depois de adulta, montou uma empresa que trabalha com alimentação, com marmitas e buffet para eventos, a Carlota Alimentos Balanceados. E, da necessidade de fazer uma dieta mais saudável para suas duas cadelas da raça bulldog francês Anitta e Antônia, surgiu a ideia de abrir a Pet´s Padaria, aliando os três pilares. "Eu já trabalho com alimentação, tenho a tradição familiar no ramo e sei que os animais precisam de uma alimentação especial. Vi que em São Paulo já existem muitas padarias para pets e resolvi abrir uma aqui, levando em consideração que esse é um mercado que só faz crescer".

A loja vai funcionar no piso térreo do RioMar Shopping e terá o foco na alimentação natural para os animais. "Os produtos terão produção diária e a diferença para a produção para os humanos serão os condimentos porque as regras sanitárias também são rigorosas. É preciso ter cuidado no manuseio dentro da cozinha, seguir as normas, o que muda mesmo é a receita. O foco estará na comida de verdade e de qualidade, não vamos vender ração", explica. O mix de produtos será bastante variado e, apesar de 80% ser voltado para cães e gatos, público-alvo, a loja também terá produtos para os demais 20% de animais. "Teremos pães, bolos, muffins, leite sem lactose e até vinhos e cervejas. Além disso, vamos ter clube de raças, com alimentos especiais para cada uma, e também kit festas porque hoje em dia os donos gostam de comemorar as datas especiais dos pets", detalha.

A Carlota Alimentos Balanceados já conta com duas cozinhas industriais em funcionamento, uma no Espinheiro, na Zona Norte, e outra em Boa Viagem, na Zona Sul. "Na cozinha que fazemos os alimentos para os humanos, fizemos um braço para os animais. Temos todo o cuidado para não misturar a produção porque tudo que os animais podem comer, os humanos também podem. Mas o contrário não pode. Tanto que a gente testa os alimentos para animais com os humanos", revela.

Fonte: Diário de Pernambuco